Facebook

Historia da Henna: sua origem

historia das tatuagens

As tatuagens em Henna são minha paixão, e delas já falamos anteriormente e você pode ler este post. Mas hoje falemos especificamente da história da Henna e como ela surgiu.

Antes de seguir com este genial e modesto post, quero mandar um beijo para a Franca Marina que conhece minhas debilidades e passou-me todas as dicas para este post: Bxo!

Deixemos em claro quais as vantagens que vemos hoje nas tatuagens de Henna: basicamente 1, ela some com o tempo. Isso, se você deseja muito uma tatuagem e não pode escolher uma, simplesmente tente com as tintas de Henna para ter uma boa ideia. Mas as tatuagens de Henna têm uma história muito linda, e nas suas terras de origem, um uso bem mais significativo.

Henna é o nome árabe dado a uma árvore de nome científico Lawsonia Inemis, cujo potencial destacado e uso medicinal é diminuir a temperatura do corpo humano.
Graças a isto, no mundo árabe surgiu o costume de usar esta árvore para baixar as altas temperaturas causadas pelo delicioso clima do deserto. Como as aulas de história têm ensinado a mais de um de nós, os árabes tinham o costume de andar por estes desertos em caravanas (geralmente comerciais) e desenvolveram o costume de moer esta planta para criar uma pasta que colocavam em seus pés e mãos para refrescar o corpo. Como não podia ser menos, eles começaram a notar que com este processo, suas peles ficavam tingidas por um bom tempo e foi aí quando começaram a ponderar a ideia de usá-la para enfeitar os corpos com lindos desenhos.

historia das tatuagensLawsonia Inemis, árvore com a qual se elabora a Henna.

Ao começar em pensar na Henna como uma tinta para desenhar o corpo, mudaram o procedimento. Os árabes começaram a secar as folhas da planta para fazê-las pó e depois misturar esse pó com água para assim terem uma tinta com a qual podiam colorir não só as peles, mas também o cabelo. Como acontece isto? A Henna possui um componente que ao contato com o ar se oxida e atua como colorante.

No Oriente Médio este jeito de arte corporal está denominado Mehendi, e por lá seu uso mais comum nos dias de festas ou por simples vaidade. Mas em países como Marrocos, Mauritânia, Egito e Sudão pode-se ver como as noivas enfeitam seu corpo com Henna. Lembrando do velho uso nos desertos, o mais comum é desenhas os pés e as mãos.

Você tería imaginado que as tatuagens de Henna surgiram no mundo árabe?

  • Historia da Henna: sua origem 1
  • Historia da Henna: sua origem 2
  • Historia da Henna: sua origem 3
  • Historia da Henna: sua origem 4
  • Historia da Henna: sua origem 5
  • Historia da Henna: sua origem 6
  • Historia da Henna: sua origem 7
  • Historia da Henna: sua origem

Artigos recomendados

2 Comentários

[...] já falamos sobre a história das tatuagens de Henna, de como esta planta era usada para aliviar o calor nos desertos, e de como eles perceberam que [...]

ter, 2010-06-29 14:33

É claro que a arte no corpo é coisa muita séria, por que a pessoa precisa pensar duas se vai ou não fazer isso, ou seja uma questão de vontade da pessoa.

sab, 2013-04-06 15:22
O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.